terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Patologias em paredes I - Infiltração por capilaridade


Existem infiltrações que localizam-se geralmente no térreo das casas. São problemas gerados pela falta de impermeabilidade das fundações, pelo não uso de sistemas ou produtos específicos para este fim. O jargão popular diz: "...o barato que sai caro..." Neste caso, se o construtor tivesse tomado os cuidados que citamos em blogs anteriores, provavelmente as bolhas e o descolamento da tinta ou textura, não ocorreria. Ou se ocorresse seria em um grau mínimo. Este tipo de problema interfere também na saúde dos moradores, porque a água que passa pelas paredes, ou seobe pela estrutura, vai gerar mofo e bolor, que causa alergias em idosos e crianças. Nas fotos ao lado, vemos as bolhas geradas pela infiltração e em uma foto mais ampliada, o destacamento do filme da textura em virtude do acúmulo de água por trás do filme do material e por causa de uma trinca no local. em alguns casos, o sal que está presente na areia da argamassa utilizada para o revestimento da parede, expande-se na presença da água e rompe o emboço. Em um post específico, vamos falar sobre a idoneidade das argamassas. Neste caso, se faz necessária a drenagem do solo, com os tubos de drenagem que citamos, e também o trabalho de tratamento da infiltração com bloqueador de umidade. Sugerimos o uso do produto RECRISTAL, da MSET, que é um poderoso bloqueador de umidade, à bse de silicato líquido. Os cristais de silicato entopem os poros da estrutura, impedindo a penetração da água com efeito permanente.  Vamos comentar passo a passo as intervenções a serem feitas nas paredes comprometidas. 
                                        
1-PASSO Retire toda a película de material que estiver comprometida. Marque uma linha reta de pelo menos 0,50 cm, em toda a área que estiver comprometida pelo descolamento do material. Se você perceber que todo o filme da textura ou tinta está comprometido, é melhor retirá-lo completamente.







2-PASSO Faça furos com uma altura de 0,20 cm do rodapé da parede, com intervalos de 0,20 cm.Os furos devem chegar até o bloco, numa profunidade de pelo menos 5,00 cm.









3-PASSO Encha um frasco de katchup ou seringa grande e aplique o material em cada furo. A vantagem do silicato é que ele é formado de cristais, que entopem toda a estrutura, causando efeito de isolamento permanente da água.
4-PASSO Aplique o MSET RECRISTAL, em toda a superfície que será novamente revestida de pintura, Depois de 24 horas, lave a superfície para retirar excesso de cristalizante, que pode prejudicar a aderência da nova pintura que será feita.
videoApós estes passos, com a superfície seca, se for aplicar textura, aplique uma demão de PERMALIT FUNDO - SELADOR ESPECIAL DE TEXTURA da IBRATIN e depois aplique a textura de sua preferência, ou Massa Acrílica com tinta. Caso você não queira revestir com textura ou pintura convencional, após o uso do MSET RECRISTAL, aplique a argamassa colante e o revestimento que desejar.